Home Ciência Pesca milionária e mortal de Caranguejos no Alasca

Pesca milionária e mortal de Caranguejos no Alasca

por Redação EstraBlog

Uma das profissões mais perigosas do mundo é a pesca milionária de caranguejos no mar de Bering no Alasca. Apesar de perigosa, também é considerada uma das mais lucrativas. Talvez por esse motivo, atraia tantos pescadores dispostos a arriscar suas vidas para em poucos dias, e com um pouco de sorte, lucrar alguns milhares de dólares.

Pesca milionária e mortal de Caranguejos no Alasca

O Mar de Bering, é um dos locais mais perigosos, se não o mais perigoso do planeta para a atividade pesqueira. Com ondas que chegam a 12 metros e águas geladas; nas temporadas de pesca, não é incomum ocorrerem acidentes com os pescadores da região. Mesmo com todos os riscos, os pescadores se aventuram, em turnos que chegam a 20 horas diárias de trabalho em busca de fortunas rápidas. Mas não fáceis.

No Reality Show do Discovery Chanel, Pesca Mortal “Deadliest Catch” pode-se ter uma boa ideia do que os pescadores enfrentam. As temporadas da pesca milionária são curtas, e os barcos pesqueiros tem que cumprir prazos dentro da época, ou atingir quotas. Assim que alcançam, um ou outro, são obrigados a voltar para o porto para descarregar.

A pesca costuma ser muito lucrativa, pois o quilo do caranguejo real, um dos mais desejados da região, chega a 100 dólares. Existem relatos de pescadores que lucraram em torno de 100 mil dólares em poucos dias de trabalho. Não é a toa que ficou conhecida como pesca milionária. A pesca é regulamentada e muito fiscalizada visando a preservação das espécies e segurança dos pescadores. Mesmo assim, com tempestades severas comuns na região, frio intenso e ondas gigantes, alem do estresse dos pescadores pela carga de trabalho puxada, acidentes são comuns.

A pesca milionária

Realizada com barcos pesqueiros adaptados para os mares revoltos, equipados com sonares modernos, carregam centenas de covos até os pontos de pesca. A perícia dos pescadores é fundamental. Eles devem amarrar iscas nos covos (gaiolas que chegam a centenas de quilos), colocar nas rampas e lançá-los ao mar tudo muito rapidamente. O sincronismo é essencial. É um trabalho em equipe, todos tem que trabalhar em uníssono.

A tarefa de lançar covos no mar leva horas, é comum varar a noite sem descanso. Depois que os covos são todos lançados, o capitão da embarcação retorna ao início da fieira para recolher os covos. Novamente o sincronismo e a perícia da equipe são fundamentais, pois um pescador deve lançar um gancho para apanhar as cordas entre duas boias, puxar e prendê-la em um mecanismo que irá enrolá-la até o ponto que o covo fique literalmente dependurado sobre o cais da embarcação, quando será posicionada sobre a prancha para abertura e retirada dos caranguejos.

A segurança é mínima. O mecanismo pode facilmente prender a mão de um pescador e esmagá-la. Os covos pesando centenas de quilos balançam, passando a centímetros das cabeças dos pescadores. Ondas altas, a embarcação balançando e o frio extremo são fatores que contribuem para os acidentes. O cansaço da tripulação e o deck molhado e escorregadio, também são propícios para acidentes.

Pescadores morrem nesta profissão.

O caranguejo

Existem várias espécies de caranguejos desejados na pesca milionária, como por exemplo.

O caranguejo real, vermelho ou o azul, são gigantes e cobiçados no mercado. Sua carapaça pode chegar a 30 centímetros e a envergadura pode chegar a um metro e oitenta. Podem chegar a ter entre 8 e 12 quilos cada um. Pela sua captura ser muito controlada, as fêmeas e os de dimensões inferiores às permitidas devem ser devolvidos imediatamente ao mar.

Pesca milionária e mortal de Caranguejos no Alasca

O caranguejo das neves é menor, sua pesca acontece em janeiro, bem no pico do inverno, mesmo assim, também é cobiçada pelos pescadores.

O caranguejo Bairji, no passado, devido a pesca discriminada essa espécie diminuiu muito. Dez anos de proibição total foram necessários para recuperação da espécie. Hoje em dia a proibição foi revogada.

Mercado

O caranguejo real, como exemplo, é um dos mais apreciados do mundo. Seu tamanho gigante, chama atenção. Sua carne branca e tenra, delicada e levemente adocicada, é muito apreciada nos países nórdicos. Por ser exótica é vendida a preços elevadíssimos. Mesmo com os preços altos são comercializados em países como Japão, China e Coréia.

Seu preparo pode ser simples ou muito elaborado, com a utilização de ervas finas e acompanhamentos corretos a refeição se torna digna dos deuses. Mesmo quando preparado da sua forma tradicional, cozido; faz muito sucesso. Pois é levado à mesa inteiro. Isso chama a atenção de todos com certeza. Para abri-lo é simples, sua carapaça é fina e pode ser cortada com uma tesoura de cozinha. O problema é que o cliente terá que estar com muita fome, pois a quantidade de carne em um animal destes chega a ser absurda.

Qual a sua opinião sobre a pesca de caranguejos no Mar de Bering? Deixe seu comentário e marque os seus amigos!

Artigos Relacionados

Gostaríamos de saber a sua opinião. Comente!